fbpx

Jovem chama a atenção por só conseguir escrever de cabeça para baixo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Bianca Cerqueira Oliveira é uma jovem de 17 anos moradora do município de Conceição do Coité, que fica a cerca de 200 km de Salvador, na Bahia, que chama a atenção de todos por escrever de cabeça para baixo. Canhota, Bianca faz todas as suas anotações dessa forma. 

Estudante do 3° ano do ensino médio no Colégio Estadual Olgarina Pitangueira Pinheiro, a adolescente diz que escreve assim desde criança, embora ninguém na família escreva de forma parecida: "Sempre escrevi desta forma. Meu pais nunca questionaram e eu nunca tive curiosidade de saber se isso tem explicação. Nunca achei anormal".

Ela explicou que escreve de cabeça para baixo em todas as situações. "Assinar documento, escrever as anotações na escola, cartas, em tudo. Às vezes, eu fico com vergonha. As pessoas ficam olhando, reparando. Ainda assim, não me sinto constrangida. Acho normal". 

Na escola, ela disse que os professores acham diferente. Já os colegas, que não perdem uma brincadeira e questionam a lucidez da jovem, que se diverte: "Eles acham que eu sou maluca. Às vezes, eles tentam imitar. Ninguém consegue".

Às vésperas de fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), Bianca afirmou que já está se preparando para ser alvo dos olhares dos concorrentes. "Eu fiz o Enem no ano passado. Algumas pessoas ficaram observando. Eu tive muita vergonha. O fiscal da prova chegou a comentar comigo que nunca tinha visto alguém escrever assim".

Com o sonho de ser dentista, ela já se prepara para ser alvo dos olhares dos pacientes durante a prescrição de receitas. "Não me sinto diferente por isso. Não me incomoda e acho confortável. Sou feliz assim".

Fonte: Redação com informações do G1