Faça mais por você!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Vamos começar a fazer mais por nós mesmos? Talvez você já tenha deixado de fazer coisas importantes por você porque outras pessoas te disseram que era besteira, mas hoje vamos aprender que, até aquelas coisas simples que queremos fazer, é importante, porque faz parte de quem somos. Vamos começar a fazer mais por nós e deixar de dar ouvidos aos que os outros falam. Só nós sabemos das nossas necessidades, sonhos e metas. Então, te desafiamos a colocar essas coisas em prática sem medo. De dentro para fora, não de fora para dentro.

Listamos 4 coisinhas que você pode fazer por você mesma, mas sabemos que existem muito mais.

1 – Se olhe mais no espelho

Você sabia que o primeiro passo para a aceitação é o conhecimento? Parece loucura se olhar no espelho e não estar satisfeita com o que enxerga. Mas te incentivamos a conhecer o seu corpo e dar atenção ao que você mais gosta nele, isso vai te ajudar a dar mais atenção ao que te deixa mais segura. Todos temos nossos dias de autoestima baixa, de dúvidas e questionamentos. Existe inclusive uma prática da psicologia chamada terapia do espelho, que contribui para uma segurança pessoal e emocional mais elevada. O espelho se torna um aliado, não mais um inimigo. É um momento de interação consigo. O olhar no espelho mostra o momento e evita a fantasia para o passado e o futuro.  É um modo de ajudar a focar no agora!

 

2- Cuide do seu corpo

Muito mais do que fazer uma skincare, cuidar do seu corpo é cuidar da sua casa – e estender a terapia do espelho. Em uma sociedade que impõe padrões estéticos e sociais o tempo todo, ter rituais de bem estar que te trazem benefícios e aliviam o estresse, e não o contrário, é uma prática que deve ser levada mais a sério. Não é usar um produto porque te disseram no Instagram que ele é milagroso ou passar um creme a cont30ragosto porque falaram que mulher tem que ter a pele suave de um pêssego.

Faça por você, porque é a sua casa, e nós cuidamos dela com carinho e respeito.

 

3 – Permitir-se ter um momento de ócio decidido por você

Os últimos acontecimentos no fizeram rever alguns hábitos e reorganizar a rotina, que, em alguns casos, ficou mais leve e sem tantos compromissos. Fato é que, na maioria do tempo, nós temos um período de ócio decidido pelos outros: pela escola, no caso das férias, pelo trabalho, pela agenda de atividades extracurriculares, pelo próprio relógio. E se você passar a respeitar seu próprio tempo e se desprender um pouco das horas mostradas na tela do celular? Parece surreal, mas isso também é ouvir seu corpo e respeitá-lo. Não estamos dizendo para você largar a mão de entregas e compromissos, mas de saber balancear as coisas e respirar quando preciso – mesmo que apenas por alguns minutinhos.

 

4 – Amadureça, porque é tempo de florescer

Amadureça porque você sente que chegou sua hora de florescer. Mas, lembre-se que cada pessoa tem o seu próprio tempo, saia da sua zona de conforto e cresça não somente de idade.